Escolha uma Página

Hey pequeno gafanhoto, hoje eu quero fazer a indicação de um livro muito bom que terminei de ler recentemente, onde eu aprendi muitas coisas legais e práticas. Trate-se da autobiografia de Arnold Schwarzernegger dessa vez eu escrevi sem olhar no Google, eu juro, “A inacreditável história da minha vida“.

arnold-schwarzenegger

Neste livro, o Governator conta os fatos mais marcantes da sua vida, o que por si só já é muito maneiro para quem é fã, e além disso ele explica como fez para atingir seus objetivos, as tácticas e estratégias que usou, e foi isso o que eu mais gostei pois acabei aprendendo lições importantíssimas que podem ser aplicadas no nosso dia a dia.

A primeira lição que aprendi foi que devemos ter objetivos muito claros e bem definidos. E o Arnold fala disso várias vezes durante o livro. Começando ainda na Áustria quando decidiu que iria para os Estados Unidos, pois já “sabia” que lá é que estava seu futuro. E esse conceito, de ter claro seus objetivos foi aplicado em praticamente tudo o que vez na sua vida – na sua carreira como atleta, como ator, como político, e etc.

E ele tinha um sistema para isso, um hábito de anotar os objetivos que queria alcançar em cada ano. Toda virada de ano ele refazia a sua lista, isso é claro, depois de alcançar os objetivos propostos no ano anterior. E para fixar ainda mais esses objetivos na mente ele fazia um exercício de visualização, de tornar claro a ponto de fechar os olhos e conseguir ver seus objetivos como já conquistados.

2996334-conan

A segunda lição é a importância do trabalho duro, que é praticamente uma consequência da primeira. Schwarzernegger trabalhava incansavelmente para alcançar seus objetivos, e fazia tudo o que fosse necessário. E como já tinha objetivos bem definidos, quando percebia que estava se distraindo rapidamente voltada a se focar nas suas prioridades.

E uma coisa impressionante é que em uma determinada época ele fazia várias coisas ao mesmo tempo, e conseguia fazer todas muito bem: treinava 5 horas por dia para competir no Mr Universo, fazia faculdade, investia em imóveis, e cuidava de um negócio onde criava uma espécie de zine com dicas sobre musculação e nutrição para atletas… e ainda tinha tempo para sair e conversar com os amigos e fazer novas amizades.

Confesso que depois de ler esse livro eu fico até com vergonha de usar a desculpa que “não tenho tempo” para não fazer algo. Afinal de contas, como o próprio Schwaza fala, se você precisa de mais tempo, então vai dormir mais tarde e acordar mais cedo.

A terceira lição é se aliar/conhecer as pessoas certas. Em todas as coisas que se aventurou a fazer – esporte, cinema, política, e etc – ele sempre procurou conversar e conhecer as pessoas que mais se destacavam em cada uma dessas atividades.

Quando começou a praticar musculação foi buscar conselhos com os maiores nomes na área. Quando foi para o cinema foi atrás dos atores, diretores, produtores mais bem conceituados. Quando foi para a política chegou a conhecer e fazer amizade até com o presidente dos Estados Unidos.

O motivo disso não era só para ter contatos e aumentar o networking, mas principalmente para aprender com quem já tinha percorrido o caminho. E essa habilidade se mostrou muitas vezes como fator decisivo no seu sucesso.

maxresdefault

A quarta lição é aprender sempre. O Exterminador usava cada situação em sua vida, tanto as positivas quanto as negativas, para aprender alguma coisa, seja o que fazer e melhorar, seja o que não fazer ou evitar, mas ele estava sempre aprendendo.

E isso é muito importante porque permitiu que ele não se abalasse em momentos de infortúnio (e acredite, foram vários), mas ao invés de assumir uma postura de derrota ou de tristeza, ele usava isso para aprender algo, descobrir como melhorar, e acertar nas próximas vezes. A propósito, essa tolerância ao erro é uma das coisas mais importante na criatividade.

A quinta lição é confie em si mesmo. Talvez essa seja uma das lições mais importantes porque durante a sua vida ele teve contato com muitas pessoas que disseram que “não ia dar certo” para tudo o que ele tentou.

Quando disse que iria se tornar Mr Olympia muitas pessoas disseram que não ele não iria conseguir, pois nenhum austríaco havia conseguido antes. Quando foi para o cinema disseram que não iria dar porque o sotaque dele era muito acentuado, seu nome impronunciável, uma montanha de músculos onde, na época, os galãs eram todos “normais”. Quando resolveu se candidatar a governador da Califórnia disseram que ele só queria se aparecer, e que não conseguiria ser eleito.

Várias pessoas que eu conheço (incluindo eu mesmo alguns anos atrás) teria desistido ao ouvir esse tipo de coisa. O Arnold no entanto conquistou o título de Mr Olympia 6 vezes (maior recorde da história do esporte), é até hoje um dos maiores astros de Hollywood, e foi eleito duas vezes como governador da Califórnia.

Para ele, ouvir que de alguém que ele não poderia fazer algo era um incentivo ainda maior para fazer, e mostrar que essas pessoas estavam erradas. Era como se alguém chamasse o Mart McFly de galinha.

E convenhamos, se nem você acredita em você mesmo, porque as outras pessoas deveriam?

SAN DIEGO, CA - JULY 18: Arnold Schwarzenegger arrives for the "Escape Plan" Premiere - Comic-Con International 2013 at Reading Cinemas Gaslamp on July 18, 2013 in San Diego, California. (Photo by Gabriel Olsen/FilmMagic)

Lição Bônus – Devolva. Arnold Schwarzernegger dizia que devemos ser muito gratos pelo que a vida nos dá, e como agradecimento devemos devolver ao mundo o bem que recebemos. E essa devolução pode acontecer de várias formas, ensinando pessoas o que você aprendeu, doando seu tempo ou seu dinheiro, e etc. Mas o importante é devolver.

Se quiser saber mais algumas lições dessa pessoa incrível, assista o vídeo abaixo, que não tem nada a ver com o livro, mas ainda assim tem bastante coisa legal.

E lembre-se de compartilhar esse artigo e ajudar mais pessoas a terem uma vida incrível : )

Até breve o/

Comments

comments