Escolha uma Página

Hey pequeno gafanhoto o/

Antes de começar deixe-me apenas avisá-lo do seguinte. Esse texto é na realidade mais um desabafo, resultado de uma conversa que tive com um amigo no Facebook, então, não o leve tão a sério assim, ou pelo menos, me perdoe se eu parecer um pouco arrogante ou minha escrita for muito cansativa. E, claro, se você acredita que se dar bem na vida é uma questão de sorte, não leia.

Recentemente li um texto no Facebook que falava que viver o fazendo o que ama é uma grande mentira, e que o mundo real é bem diferente. Embora eu respeite essa opinião, discordo muito, e quero falar o que eu acredito.

Eu criei uma escola de criatividade, o DOJÔ DE CRIATIVIDDE, e para ajudar os alunos a compreender melhor o curso, criei alguns princípios — baseado no dojo kun do Karatê — algumas atitudes que os alunos devem incorporar no seu dia a dia para aproveitar mais não só o curso, mas a vida.

São 9 princípios no total, todos representados por ícones da cultura pop, e um deles é o Princípio do Kung Fu (representado pelo Bruce Lee).*

Kung Fu (ao contrário do que muitos acreditam), não é uma denominação das artes marciais chinesas. Kung Fu significa “Trabalho Duro”, algo que é conquistado com muito esforço e dedicação. E é por isso que associamos as lutas chinesas (wushu) com kung fu, já que é necessário muito trabalho duro para conquistar um grau elevado nessas modalidades.

E-book-prncípios

Enfim, estou falando sobre esse princípio específico porque é justamente sobre isso que conversava com meu amigo no Facebook, sobre fazer o que ama, e viver disso.

Para alguns é uma questão de sorte, de QI (quem indica). Alguns confundem “fazer o que ama” com não trabalhar ou trabalhar pouco, alguns acreditam que não é possível transformar a sua paixão em algo rentável, e mais uma porrada de desculpas que as pessoas contam para si mesmo para se contentar com a vida medíocre que levam.

 

Kung Fu significa “Trabalho Duro”, algo que é conquistado com muito esforço e dedicação.

 

Mas hoje eu vou revelar um segredo do sucesso pra vcs, o segredo para viver fazendo o que ama (segredo o car$#%&, TODAS as pessoas de sucesso falam isso abertamente, mas os medíocres escutam tudo, menos essa parte).

Viver bem fazendo o que ama é possível, mas não é algo que se consegue da noite para o dia.

Principalmente no começo não vai ser fácil, nem agradável, nem seguro. A lista de pessoas que vão te ajudar de verdade, contando com a sua família, cabe nos dedos da mão esquerda, do Lula.

pres-lula-3

Para viver fazendo o que ama, pelo menos no começo (e no meio), você vai ter que trabalhar o dobro, o triplo, ou até mais do isso, mas com CERTEZA será mais do que vc trabalharia em um emprego normal. Você vai ter que trabalhar duro de verdade se quiser seguir seus sonhos.

Vai ter que diminuir (ou cortar) as horas que passa na frente da tv (isso inclui as séries da nossa querida Netflix), vai ter que parar de sair com os amigos durante um tempo, vai ter que abrir mão da boa vida do presente para se dedicar a algo que talvez, TALVEZ te de um retorno financeiro melhor no futuro.

Provavelmente no começo você não vai conseguir viver apenas do que ama, e vai ter que manter seu emprego em tempo integral para pagar as contas e sobreviver, enquanto no seu tempo “livre”, incluindo as horas de sono, vai trabalhar no seu sonho. Ou seja, vai ter que trabalhar pra car#$%, PRA CA #@ *&%!

elon-musk-secret-of-success-1
E você vai ter vontade de desistir, você vai se perguntar constantemente se todo esse sacrifício vale a pena, você vai olhar para os seus amigos se divertindo e se “dando bem” na vida, enquanto vc está se matando de trabalhar, e vai pensar: “será que eu estou mesmo no caminho certo?”

Acredite, eu sei.

Depois que saí do meu emprego (era funcionário público concursado, não ganhava bem mas tinha ótimas regalias) sem ter nada a não ser uma ideia, nada tem sido fácil. Nunca sei quanto vou receber no mês seguinte, ou ainda, nunca sei se vou receber algo.

Posso garantir que desde quando resolvi montar meu curso de criatividade, e viver disso, nunca trabalhei tanto na minha vida.

Eu tenho que preparar as aulas (e pra isso tenho que estudar absurdamente como nunca estudei antes), tenho que montar os slides, tenho que distribuir propaganda, fazer prospecção, atender telefonemas de possíveis alunos, fazer as vendas das inscrições (visitando cada um dos alunos), correr atrás de local, convencer pessoas a me ajudar mesmo que eu não possa pagá-las no momento e etc. E mesmo assim tem meses em que eu não tenho dinheiro pra pagar a conta de telefone, uma das minhas principais ferramentas de trabalho, e aí tenho que fazer uns bicos de fotografia e vídeo para me manter.

Isso acontece porque a vida é cruel? Porque eu não tenho sorte? Não. Isso acontece quando eu fico com a bunda na cadeira esperando as coisas caírem do céu. Ou seja, quando eu não tenho resultados não é por falta de sorte, mas por falta de KUNG FU. Eu sou o único responsável quando as coisas dão errado, e não é um clichêzinho barato de empreendedores de palco, é a verdade, pois quando eu resolvo fazer as coisas acontecerem, elas acontecem.

 

TBC – TIRE A BUNDA GORDA DA CADEIRA

 

Mas, voltando ao assunto, e respondendo aquela pergunta “será que vale a pena”?

SIM. Sim meu amigo(a), vale a pena, e vale muito. Eu nunca estive tão feliz na minha vida. Mesmo as coisas que eu não gosto de fazer (como vender, por exemplo), eu faço com alegria, e me divirto.

Quando estou preparando a aula então, imaginando com aquilo será aplicado, em como os meus alunos receberão a mensagem… é lindo. E quando eu estou na sala então, saiba que eu não dou aula, como diz meu amigo Mauro, eu dou show. É algo que eu posso ficar o dia inteiro, mesmo sem receber nenhum pagamento, e ainda assim, ao final do dia, vou estar completamente feliz e realizado.

Talvez você esteja se perguntado: “Mas será que vale a pena viver toda a vida nesse ritmo maluco e desgraçado, por mais que se goste de fazer algo?”

Não, não vale, e se você está nesse caminho é porque alguma coisa deu errado, ou porque você ainda não chegou “lá”.

Tudo isso acontece no começo, quando você está se preparando para viver seus sonhos, e acontece porque a VIDA não vai te dar nada de graça, ela vai te testar, ela vai ver se você merece, e, principalmente, se está realmente comprometido com seu sonho.

Então, você vai passar por todo esse perrengue, vai passar por esses momentos de tortura. Mas se você tiver um bom plano, metas claras e muito bem definidas, e muito muito KUNG FU, as coisas vão melhorar, e você vai triunfar. Mesmo que esse triunfo seja uma vida modesta, sem muito luxo, mas com tempo para você e para sua família, para as coisas boas da vida, e principalmente, viver fazendo o que ama.

 

Esse é momento em que os medíocres vão falar que você teve sorte…

 

…que só conseguiu por causa de fulano, e etc.

E é nesse momento, também, que você tem que mandar todo mundo tomar no cú um suco de caju, e dar atenção apenas para os que te ajudaram de verdade no começo, e para as pessoas que são realmente importantes para você.

Eu ainda to no perrengue, mas já começo a ver a luz no fim desse longo túnel.

wfh

*Para facilitar a memorização e para trazer parte das coisas que fazem parte da minha vida, eu usei elementos da cultura pop que as pessoas podem se identificar mais facilmente.

Comments

comments